sábado, 28 de junho de 2008

É Curioso...


É curioso que saia uma pesquisa que afirma, no exato período da páscoa, que o chocolate não cause espinhas.

É interessante que as propagandas de carros sofisticados a preços de banana sejam veiculadas, exatamente, no período da manhã, quando você está prestes a sair para o trabalho, em um dia de chuva, e a pé.

Mais interessante é que as novelas sejam à noite, quando nossa mente está mais vulnerável, após um longo dia de trabalho, e aceita tudo o que se diz (Hitler não fazia o mesmo com os seus discursos no final das tardes?)
Mais interessante ainda, é o fato de que programas de debates inteligentes se dêem durante a madrugada, ou muito próximo a ela, quando a maioria das pessoas já tiveram o seu timer desligado com o término das novelas.

É curioso que esses debates, ditos inexistentes pela maioria da população, se fossem colocados nos "horários nobres", não ganhariam audiência alguma.

Imagine: "Eu não quero pensar nada, eu quero descansar após este longo dia de trabalho, vou ver a novela".

Assim a novela atrai a sua vítima mais vulnerável, aquele que vai para a ela sem querer pensar. Os que não pensam, na verdade esquecem que
nenhum ser humano pára de pensar (dado científico), e que simplesmente desligam o pensar-consciente e liberam o pensar-inconsciente, dando o leme para as ideologias ocultas de uma novela: consumismo, pornografia, o tornar normal a violência e a morte, a inveja e a presença de "violões" ao nosso redor...

Outro equivoco, inventado pela própria televisão é que os Meios de Comunicação nos tornam passivos.
Mais que impedir de pensar, a Televisão, sabendo do poder que possui, dirige os pensamentos das pessoas, sujeitam e escravizam.
Seus discursos de democracia nunca refletiram tanto a ditadura. Esses Regimes de Exceção não querem nada com o diálogo, eles impõem, assim como a TV...

Um comercial de apenas 30 segundos da série "Friends" custa 800 mil dólares.
Um único capitulo desta "nova" novela da Globo, "a Favorita", custa, cerca de R$ 270 mil reais. Em um mês, alcança a cifra de quase sete milhões de reais! Não nos parece absurdo? No entanto não pensamos sobre isso, e quem pensa é tido por louco: afinal como é intitulado aquele que tira o chão, ou melhor, mostra o lado hipócrita do "tranqüilizador" chamado "novela das oito" que sempre começa as nove?

O Plano é bem bolado, repleto de astúcias maquiavélicas que nos interpelam todos os dias com um sorriso simples, doce, carregando consigo o cheiro putrefato daquilo que vive da manipulação e da prostituição da máquina mais formosa do mundo: a mente humana.

Acredito que não devamos lutar contra esse tipo de coisa. Ao contrário, temos que mostrar para todas para as pessoas àquilo que não é dito, as ideologias mórbidas que revestem os discursos da mídia atual.

A quem interessa o tipo de programação que existe hoje, e por que as pessoas estão tão confortáveis quando possuem como companheiro o absurdo?

E mais: todas as pessoas irão dizer: "eu não escuto a opinião do Jornal Nacional para decidir qual será a minha, nem vejo a novela para saber qual o modo que devo falar, vestir..."

O poder de decisão que eles nos roubam não está no consciente: o consciente é muito simples, e mais fraco que a força que mora em nosso inconsciente.

Sem saber que perdemos nosso poder de decisão, caminhamos pelas vontades que desconhecemos, que nascem de nosso inconsciente, e refletem tudo aquilo que vemos e ouvimos.

Parece-me algo que não poderia partir de seres humanos: escravizar outros seres iguais a si, manipulando para que nosso pensar seja direcionado ao consumo, a prostituição (física, mental e espiritual).

Mas sobre isso você é chamado a pensar:

Como resgatar o poder de decisão das pessoas? Não responderei, pois estaria roubando essa decisão de você, pense, você é criativo, e a decisão, deve partir de você (de você mesmo)!
Texto de: Chesman Emerim
PJ - Sombrio - SC
Imagens: Internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...