sexta-feira, 11 de julho de 2008

O meu Deus

O meu Deus é um Deus dos pobres
Um Deus tão humano como cada um de seus filhos
Sua compaixão foi de cruz, não indiferente de tantos filhos seus que a cada dia carregam cruzes.
O meu Deus desce do trono que lhe colocaram
E vem caminhar com seu povo tão amado e maltratado
Caminhar de pés no chão em romaria, em busca de moradia
O meu Deus chora a cada dia pelos que morrem marcados a fogo pelo ódio desumano
É um Deus que não se esquece da sua promessa a seu povo,
De conquistar a terra prometida
Um Deus irmão que sonha e caminha
Que anda pelo mundo na face de cada irmão que sofre
Um Deus que sofre a opressão do sistema
O meu Deus é tão diferente deste deus que me falam em templos grandiosos
O meu Deus não me condena por atitudes insanas
Nunca me prometeu riquezas e não protege os exploradores
O meu Deus esta do lado mais sofrido, carrega pedras para a construção
Passa fome de pão, vai atrás de um chão para plantar feijão
O meu Deus é assim tão simples tão povo
O meus DEUS é coletivo, esta tão distante daquele deus individual, ditador, condenador
O meu DEUS é um Deus, bom, PAI-MÃE
O meu DEUS é aquele que esta a cada dia passo-a-passo na construção da civilização do amor
É um DEUS em caminho com seu povo ....

Rodrigo Szymanski
Paróquia Nossa Senhora da Natividade - Cocal do Sul

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...