quinta-feira, 13 de agosto de 2009

FAMÍLIA, DISCÍPULA MISSIONÁRIA

Iniciamos no dia 09 de agosto, mais uma Semana Nacional da Família. Na caminhada do Ano Catequético, inspirados no texto do Evangelho de Lucas – discípulos de Emaús – caminhamos na esperança. Caminhamos na esperança, pois o Senhor caminha conosco, caminha com nossas famílias, levando a elas e sendo vida, esperança, coragem e fé.

Neste segundo domingo do mês vocacional, lembramos que há um chamado para a vida em família. Somos vocacionados para a vida em família. A família, pequena Igreja, deve ser junto com a paróquia, o primeiro lugar para a iniciação cristãs dos filhos. Ela oferece aos filhos um sentido cristão de existência e os acompanha na elaboração de seu projeto de vida, como discípulos missionários, conforme nos impulsiona e nos pede o Documento de Aparecida.

No serviço de construção da vida é preciso que nossas famílias sejam um espaço de encontro. A família nasce de um encontro de diferentes e se constrói no amor e na acolhida do outro. Deus nos dá a graça de nos encontrarmos como família para rezar, partilhar a vida, alegrias, sonhos e dificuldades. Diz o papa Bento XVI: “Os filhos, para seu crescimento integral, têm o direito de poder contar com o pai e com a mãe, para que cuidem deles e os acompanhem rumo à plenitude de sua vida”.

A família é também um espaço para a escuta do Senhor. Ele está no meio de nós. Caminha conosco, mas como discípulos e discípulas precisamos escutar a voz do mestre Jesus. Ele caminha conosco, mas é preciso escutá-lo para que o nosso arda e possamos seguir o caminho com mais alegria e coragem.

A pequena família, a família doméstica não pode ficar fechada em si mesma. Para fortalecer o caminho de seguimento a Jesus Cristo precisa encontrar- se com a comunidade maior, a grande comunidade da Igreja. De modo especial participar e celebrar o domingo, dia de festa, dia do Senhor ressuscitado. Que o Senhor ajude as famílias a redescobrir o domingo como o dia primeiro em nossa vida, na qual ela unida como família e com outras famílias se alimenta do Pão da Palavra e da Eucaristia. Momento em que as famílias se alimentam e se fortalecem na comum união do encontro.

Que todas as famílias vivendo os valores da fé, da esperança e caridade, os valores da vida, possam também serem missionárias, para que assim possamos proclamar por palavras e pela vida que “Há esperança no caminho”. E ainda: “MINHA FAMÍLIA É IMPORTANTE! EU PARTICIPO!


Pe Wilson Buss - Administrador Diocesano
Fonte: www.diocesecriciuma.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...