terça-feira, 12 de janeiro de 2010

A Igreja do medo, por Pe. Alexsander Cordeiro


Não aguentei umas coisas... Seguem uns pensamentos sobre a eclesiologia que creio:

Nunca escrevo estes posts com mensagens e e pensamentos.... Mas hoje não resisti. Vi que um grupo no Vaticano (não foi o papa, deixo bem claro) condenou o filme Avatar. Não faz muito tempo, condenaram também o filme Lua Nova. Crescem em alguns movimentos, grupos de leigos e até membros da hierarquia uma postura de a tudo condenar, de tudo se esquivar...


Nada é bom! Cuidado com esse filme, cuidado com essa música, com essa tribo urbana, com essa pessoa, com esse partido político, com essa filosofia, com essa teologia, com esse livro, com aquele romance... Tranquemo-nos todos em nossas Igrejas, pois tudo neste ambiente é contrário a nós... Vamo-nos! Voltemos a nos refugiar no passado, num tempo em que éramos maioria... Voltemos para lá, pois tudo aqui nesta modernidade líquida e confusa não está de acordo com a tradicional fé católica de todos os tempos...

Ai Jesus, que fazer? Essas posturas e falas demonstram que, a passos largos, a Igreja de Jesus Cristo está voltando a se trancafiar no Cenáculo... E digo porquê:


No Cenáculo, Pedro e os demais seguidores de Jesus, estavam morrendo de medo. Tinham medo dos judeus e dos romanos que haviam crucificado o Senhor. Rápido se esqueceram da coragem de Jesus em ir par Jerusalém sabendo do risco que corria... Rápido se esqueceram do Senhor que não fugiu, mas expulsou os vendilhões do templo, terminando de decretar, por suas ações, o fim trágico na Cruz que nos trouxe a vida... E assim ficaram os apóstolos. Segundo as Sagradas Escrituras, lá, com medo de tudo, eles permaneceram por DEZ DIAS. Tinham visto Jesus Ressuscitado, tinham experimentado a sua vitória... Mas AINDA ESTAVAM COM MEDO, REFUGIADOS NA SEGURANÇA DAQUELA SALA.


Sempre pensei que estivessem fazendo uma novena, ou em oração. Talvez estivessem mesmo... Mas não foi pra rezar que eles lá se esconderam. ESTAVAM MESMO É COM UM MEDO TREMENDO. Acredito que o Espírito Santo se cansou lá nos céus de ficar esperando que aqueles santos homens criassem alguma coragem por si mesmos e veio Ele em pessoa transformar aquela situação. Ele desceu como vento e Ele mesmo arrebentou as portas e janelas do Cenáculo, expulsando todos lá de dentro das paredes que já se emboloravam... Ele mesmo os obrigou a sair e a falar com os judeus que mataram Jesus...


Porém, não podiam sair condenando tudo... Tinham que conversar e mostrar, pelas suas razões, que Jesus havia Ressuscitado. E assim o fizeram. E por causa da coragem que o Espírito lhes deu, cá estamos nós, a viver e testemunhar a fé e Jesus.

Mas nos últimos tempos vejo membros, não poucos, de nossa Igreja que desesperadamente voltam para o Cenáculo e lá querem se trancar de novo...


Pena que não escutemos TODOS a voz da Mãe (aquela mesma que estava no Cenáculo também) a nos dizer em APARECIDA, pela boca de nossos Pastores (inclusive o Papa): que sejamos uma Igreja missionária, feita de homens e mulheres corajosos, que rompam as paredes dos templos e saiam a invadir com a ALEGRIA (não com rancor e amargura) a sociedade que tem sede de sentido, mas que quer interlocutores e não juízes inquisidores. Homens e mulheres que saiam a levar a boa-nova e a transformar um mundo injusto e produtor de morte em um lugar mais de acordo com o Pai, que faz chover sobre justos e injustos.

Pena que muitos, amargamente, prefiram exigir, da janela bem fechada e segura da sacristia, que os outros lá fora mudem, pra então poderem sair de lá de dentro de suas seguras salas...


Rezo, peço muito ao Espírito Santo que se canse de novo de esperar que sua Igreja abandone o medo do Cenáculo. E convido você a rezar e a lutar comigo pra que tenhamos uma Igreja corajosa, sem medo, e que possa ir no cinema tranquilamente e conversar com as pessoas sobre o que elas viram lá. E ver o que tem de bom nessa sociedade, que, se não é a melhor, também há de ter seus pontos positivos em relação às antigas. Que o Espírito nos ajude a invadir tudo e a tudo iluminar com a luz do Ressuscitado, que veio para QUE TODOS TENHAM VIDA, E VIDA EM ABUNDÂNCIA.


PE. ALEXSANDER CORDEIRO LOPES
Vice-Reitor do Seminário São João Maria Vianney
Coordenador da Comissão Juventude
Arquidiocese de Curitiba - PR

Fonte: http://blogdopealex.blogspot.com/2010/01/igreja-do-medo.html

2 comentários:

  1. Caro PE Alexsander, parabenizo-o pela lúcida e sensata reflexão, referente ao posicionamento da Igraja Católica a respeito das próximas eleições. Clérigos, como o sr, é que ainda a mantem com um certo respeito.
    Fraternalmente,

    Jose Edson
    Psicólogo e ex seminarista
    São José dos Campos / SP

    ResponderExcluir
  2. Recebi um email que está circulando pela internet e acabei chegando aqui no blog onde pude presenciar mais uma reflexao sabia e (desbitolada hehe) vindas de um Padre. Nao te conhecia. Quer ser meu amigo?

    Abraços

    Julio Cesar
    Professor
    Maringá-Paraná

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...