terça-feira, 16 de março de 2010

Campanha contra a Violência e Extermínio de Jovens inicia em Santa Catarina

Entre os dias 13 e 14 de março de 2010, cerca de 50 jovens das 10 dioceses de Santa Catarina participaram do Seminário Estadual da Campanha contra a Violência e o Extermínio de jovens, promovido pelas Pastorais da Juventude de Santa Catarina, com a participação do Projeto Aroeira - Procurando Caminho e apoio do Centro Cultural Escrava Anastácia e do Centro Social Marista Mont Serrat.

Sob a assessoria metodológica de Lourival Rodrigues da Silva, da Casa da Juventude Pe Bournier, de Goiânia, o evento aconteceu na comunidade de Mont Serrat, na periferia de Florianópolis. Isso possibilitou aos participantes mergulhar na realidade empobrecida da comunidade.

Este Seminário Estadual se liga à Campanha Nacional contra a Violência e o Extermínio de Jovens, promovida pelas Pastorais da Juventude do Brasil, com o objetivo de lançar o debate na sociedade civil sobre a violência que vem abreviando cada vez mais a vida da juventude.

Durante o Seminário, o tema da violência foi debatido a partir de três eixos principais: violência urbana; violência no campo e violência no trânsito.

A partir da análise estrutural da sociedade, conduzida pelo professor Ivo Theis, foi possível entender a origem da violência como um problema estrutural, fruto de processos históricos, que atualmente atingem a sociedade, principalmente os jovens.

Na tarde de sábado aconteceram “mesas redondas”. A primeira delas – violência urbana – trouxe depoimentos de jovens inseridos em projetos sociais realizados no morro. Estes jovens, em suas partilhas de vida, relataram como as oportunidades que estes projetos lhes concederam mudaram suas realidades, permitindo que saíssem do mundo do crime. Pe Vilson Groh, que acompanha alguns destes projetos em Florianópolis, relatou que o objetivo destas organizações, atuando em rede, é oferecer propostas concretas de vida para os jovens. Lembra que “o tráfico tem uma proposta completa e sedutora. Diante disso, é preciso gerar oportunidades. Uma esperança sem materialidade é uma esperança vazia”.

No segundo momento da tarde o eixo tratado foi a violência no campo, conduzido pelo jovem Luiz Fernando Ribeiro da Luz, do Movimento dos Pequenos Agricultores – MPA, e a jovem Ana Elsa Munarini, do Movimento das Mulheres Camponesas – MMC. Foi ressaltado, dentre outras formas de violência no campo, a questão dos agrotóxicos. Lembrou-se que o Brasil é o país que mais consome agrotóxicos no mundo, fazendo, inclusive, muitas vítimas jovens, seja por câncer e como por outras doenças resultantes dessa forma de violência indireta.

No terceiro eixo do seminário – violência no trânsito – o professor de Ciências Sociais, ex-diretor do Denatran e ex-presidente do Contran José Roberto de Souza Dias explanou sobre os motivos da violência que vitimiza milhares de jovens no trânsito. “O maior erro de um acidente de trânsito é chamá-lo de ‘acidente’, pois é uma ‘doença social’ que pode ser tratada e encarada”, sugere José Roberto.

O dia de domingo foi o momento de planejar a Campanha no estado, desencadeando ações em âmbito local, diocesano e estadual.

Em âmbito estadual, foram assumidas 4 ações: elaboração de projetos em parceria com outras organizações, realização de uma audiência pública, organização de uma marcha estadual de mobilização e a realização de uma pesquisa sobre a violência nas diversas realidades catarinenses.

Em âmbito diocesano, diversas ações foram pensadas. Com base nisso, cada diocese fará posteriormente seu planejamento, a partir da realidade local.

Para dar suporte para que a Campanha aconteça nas dioceses e no estado, foi constituída uma Equipe Estadual, formada por alguns jovens presentes.

A partir das ações de formação, conscientização e debates nas dioceses, grupos, paróquias e comunidades, esta Campanha quer se juntar às muitas vozes presentes no Brasil, dizendo em todos os cantos de Santa Catarina: “Chega de Violência e Extermínio de Jovens!”.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...