segunda-feira, 12 de abril de 2010

Grito dos Excluídos 2010

GRITO DOS EXCLUÍDOS DEFENDERÁ NOSSOS DIREITOS

São Paulo, 07 abr (RV) - Começa a preparação do 16º Grito dos Excluídos. Trinta e sete pessoas, representando 18 Estados e 13 entidades que compõem a coordenação da iniciativa, participaram em São Paulo, semana passada, do 12º Encontro Nacional de Articuladores do Grito.

O lema da edição deste ano será “Onde estão nossos direitos? Vamos às ruas para construir um projeto popular”.

As Pastorais da Juventude do Brasil assumem historicamente o evento na sua agenda e contribuem na articulação local. O primeiro dia do encontro de São Paulo foi dedicado à análise de conjuntura em nível local, nacional e internacional; a avaliação do Grito, seus desafios, perspectivas, e o aprofundamento do Projeto Popular. A pauta centrou-se também nas sugestões para a organização concreta do Grito de 2010.

A 16ª edição do Grito será marcada por duas forças motrizes: a vida e os direitos, por um lado, e a participação no Plebiscito Popular pelo Limite da Propriedade da Terra, por outro. De uma parte, destacou-se a violência que vem exterminando a juventude brasileira; a Campanha da Fraternidade deste ano; o processo eleitoral, centrando a discussão em critérios éticos para a construção de uma democracia popular.

Durante o encontro, insistiu-se também na necessidade de uma metodologia que abranja linguagens populares diversificadas, como o teatro, a dança, a poesia, a música, o repente; e da descentralização geográfica do Grito.

O Grito é um conjunto de manifestações no dia da Pátria, sete de setembro, com o objetivo de atrair a atenção da sociedade para a crescente exclusão social.

Para obter material, envie um e-mail com o pedido para gritonacional@ig.com.br

Fonte: http://www.oecumene.radiovaticana.org/bra/Articolo.asp?c=370211

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...