terça-feira, 17 de agosto de 2010

Começa o Ano Internacional da Juventude



Em um esforço para aproveitar a energia, imaginação e iniciativa da juventude do mundo para superar os desafios que a humanidade enfrenta, desde o reforço da paz para impulsionar o desenvolvimento econômico, as Nações Unidas proclamaram o Ano Internacional da Juventude a partir de 12 de agosto de 2010.


Na sua resolução proclamando o Ano Internacional da Juventude, a Assembléia Geral da ONU pediu aos governos, sociedade civil, indivíduos e comunidades em todo o mundo para apoiar as atividades a nível local e internacional para marcar o evento. Sob o tema "Diálogo e compreensão mútua", a iniciativa tem por objetivo incentivar o diálogo e a compreensão entre as gerações e promover os ideais da paz, do respeito pelos direitos humanos e das liberdades e da solidariedade.


Isso incentiva os jovens a dedicar-se a promover o progresso, incluindo a realização dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio da ONU (ODM), que visam reduzir uma série de males sociais, que vão desde a extrema pobreza e a fome, mortalidade materna e infantil a falta de acesso a educação e saúde, todos em 2015.


O Programa das Nações Unidas para a Juventude lançou o Ano Internacional da Juventude, com o Slogan “O Nosso Ano, A Nossa Voz”. A abordagem do Sistema das Nações Unidas para o Ano Internacional da Juventude; Diálogos e Compreensão Mútua (12 de agosto de 2010 – 11 de agosto de 2011) visa fornecer um quadro concreto de esforços coletivos durante este período. Essa abordagem para o ano da juventude se concentra em três áreas fundamentais que cito abaixo. Em cada uma dessas áreas, de parcerias de colaboração com os jovens são fundamentais.


Os progressos alcançados durante este ano, em cada uma dessas áreas vai lançar os alicerces para os futuros trabalhos no desenvolvimento da juventude, incluindo a implementação do Programa Mundial de Ação para a Juventude e para a realização dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.



1. Criar a consciência e aumentar o compromisso de investimento na juventude

  • Aumentar o reconhecimento do desenvolvimento da juventude como um investimento inteligente pelos setores público e privado;
  • Advogado para o reconhecimento das contribuições dos jovens ao desenvolvimento nacional e comunitário e para a consecução dos Objetivos do Milênio;
  • Promover a compreensão das desigualdades entre os jovens e como uma resposta eficaz às necessidades dos mais desfavorecidos;
  • Fomentar a pesquisa e a construção do conhecimento sobre a juventude para informar melhor as políticas de juventude e programas.

2. Mobilizar e envolver (aumentar a participação da juventude e parcerias)

  • Institucionalizar mecanismos de participação da juventude em processos ecisórios;
  • Apoiar as organizações lideradas por jovens e iniciativas para melhorar sua contribhuição para a sociedade;
  • Fortalecer as redes e parcerias entre governos, organizaçõs lideradas por jovens, acadêmicos, organizações da sociedade civil, do setor privado, a mídia e o sistema das Nações Unidas, para realçar o compromisso e apoio ao desenvolvimento integral da juventude.

3. Conectar-se e construir pontes (melhorar a compreensão intercultural entre os jovens)

  • Promover a interação dos jovens, redes e parcerias entre as culturas;
  • Capacitar e apoiar os jovens como agentes de inclusão social e da paz.

Veja também

Download: Cartilha do Dia Internacional da Juventude

Fonte: Pastoral Marista

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...