quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Pastoral Juvenil Marista de Criciúma debate sobre Juventude e Violência

A violência é um dos temas que mais tem preocupado a sociedade, sobretudo em relação aos jovens. O Brasil é o 3º país com mais assassinatos de jovens no mundo com uma taxa de 51,7 homicídios para cada 100 mil jovens, número esses, que cresceram nos últimos 10 anos. Segundo relatório da ONU (2006), a cada de dez jovens de 15 a 18 anos, assassinados no Brasil, sete são negros. Esta realidade é agravada quando esses jovens não possuem oportunidades e perspectiva de vida, devido a falta de políticas públicas que possibilitem a construção de um projeto de vida decente.

Por esses motivos, a PJM do Colégio Marista de Criciúma, em sintonia com a Campanha Nacional Contra a Violência e o Extermínio de Jovens, realizou um debate sobre a temática da violência. O encontro contou com a presença de Zaira Prudêncio, coordenadora do Centro de Internamento Provisório de Criciúma (CIP) e de Eduardo Milioli, presidente da Ong Multiplicando Talentos, que administra o CIP, para falar da realidade dos jovens em conflito com a lei.

O debate iniciou com a exposição de Zaira e de Eduardo, sobre os jovens atendidos nessa instituição. Segundo Zaira, o CIP tem capacidade para atender 20 adolescentes, com penas leves e graves. “Atendemos jovens que cometeram furtos até homicídios”, relata a coordenadora.

Após a exposição, os pejoteiros fizeram suas perguntas sobre o perfil dos jovens atendidos, sobre o preconceito em relação ao jovem infrator, sobre a falta de oportunidades desses jovens e sobre a redução da maioridade penal.


Núcleo de Pastoral
Colégio Marista - Criciúma


Fonte: http://www.marista.org.br/marista-criciuma-pjm-debate-sobre-juventude-e-violencia/D388CN20415

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...