quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Escola de Liturgia para Jovens realizada em Santa Catarina

Aconteceu nos dias 14 a 23 de janeiro a Escola de Liturgia para Jovens, em Joaçaba – Santa Catarina. A Escola, promovida pelas Pastorais da Juventude do Regional Sul 4, em conjunto com a Comissão Regional de Liturgia, teve por objetivo capacitar jovens para o serviço litúrgico da Igreja, bem como levar a uma experiência de participação litúrgica como fonte de espiritualidade e de revigoramento da fé, conforme sugere o Concílio Vaticano II.

A Escola contou com 44 participantes, de 7 dioceses de Santa Catarina, uma participante do Rio de Janeiro e um do Paraguai. A assessoria foi da Rede Celebra de Animação Litúrgica e da Casa da Juventude Pe Burnier de Goiânia (CAJU).
Durante os 10 dias, os/as jovens puderam vivenciar e aprofundar seus conhecimentos sobre liturgia, por meio de uma metodologia participativa e vivencial, possibilitando o encontro entre a liturgia e a vida. Os temas estudados foram: Ofício Divino das Comunidades/da Juventude, a Liturgia da Palavra, a Liturgia Eucarística, a Música e o espaço na liturgia e o Ano Litúrgico, destacando entre cada um deles a ação ritual, o sentido teológico e a atitude espiritual.
Dom Manoel João Francisco, bispo da Diocese de Chapecó e bispo referencial da Liturgia no Regional Sul 4, participou integralmente da Escola e elogiou os participantes: “Eu sinto esse grupo aqui muito empenhado, muito disposto. São representantes de diversas dioceses do Estado e penso que eles vão para suas dioceses, vão fermentar e, em breve, se Deus quiser, aqui no nosso Estado a liturgia vai tomar um vigor muito grande. A juventude é a esperança da Igreja, então precisamos investir nos jovens”.



Para Rodrigo da Silva, Secretário Regional da Pastoral da Juventude, “a Escola é um importante ponto de partida para se avançar na formação litúrgica da juventude. Cerca de 80% de nossos grupos de jovens atuam na liturgia de sua comunidade. Há um grande interesse da juventude em aprofundar sua espiritualidade e estudar mais a liturgia. Essa Escola pode desencadear várias ações, como a criação de núcleos de estudo e vivência da liturgia, encontros de formação e até uma próxima Escola de Liturgia”.  
Os/as­ jovens retornaram para suas comunidades revigorados/as e animados/as a vivenciar a liturgia na vida, no cotidiano, nos seus grupos e na pastoral que atuam.

Daniel Rodrigo Strelow, pela coordenação da Escola

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...